Mais amor, por favor!

vjsuave-maisamor3_slide

 

Porque não amamos apenas uma vez?

“de perto ninguém é normal” Caetano Veloso

A desvalorização humana monopolizou o amor, nunca um sentimento foi tão menosprezado e desvalorizado a modo de se tornar inexpressível.

Amor, é apenas uma palavra perambulando em paginas, jogada em livros fictícios e contos fantasiados pelos seus autores. O sentimentalismo foi jogado de lado, estamos vivendo de lances, romance é uma mera fabula, composições literárias cobertas de pó.

O coração não aperta mais, não há motivos para desilusões, a maior ilusão é acreditar que o amor ainda existe. Não dividimos mais nossos sentimentos, apenas acumulamos histórias pervertidas e distraímos nossas necessidades biológicas.

O amor se tornou a maior arma biológica contra nosso egoísmo, nossa intolerância, nossas incompetências sentimentais. Amar talvez nos deixe focado na vida, pois a vida não passa de mão em mão, a vida não são casos, a vida é amar.

Menos infiéis, mais amor por favor!

Paulo Nunes – Salsicha – Sam33

A inconstância amorosa talvez seja a expressão imediata do desejo de mudar, não de trocar de parceiro, mas de se reinventar. 

Um comentário sobre “Mais amor, por favor!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s